No início da tarde de hoje  aconteceu uma  Assembléia "interna" com os representantes do SIMPROEL (Sindicato dos Profissionais de Educação de Lages) para conhecer a proposta de pagamento do reajuste de  22,22% para os professores de Lages (conforme prevê a atualização do Piso Nacional do Magistério - estabelecido há poucos dias pelo MEC).   O prefeito Renatinho propôs um aumento de  8% retroativo aos meses de janeiro, fevereiro e março na folha de abril   + 6% neste mesmo mês e depois  + 8,22% em maio. Como um grupo de professoras não aceitou a proposta (elas são lideradas por uma vereadora de oposição), haverá uma Assembléia Geral, amanhã à noite, no Marajoara, para deliberar sobre o assunto. COMENTÁRIO DO BLOG: Quem dera que o Governador Colombo viesse com uma proposta dessas ao magistério estadual. Quem sabe assim não haveria transtornos com greves e problemas no calendário escolar. Parabéns ao prefeito Renatinho pela decisão política de cumprir com a lei no que se refere ao salário dos professores. Loreno Siega - Revista Visão