A Educação Integral tem sido um ideal presente na legislação educacional brasileira. Iniciativas diversas, como o projeto Mais Educação (desenvolvido em Lages), tem levado esta realidade para perto das escolas. Com a proposta de implantação de atividades extracurriculares aos alunos, que muitas vezes passavam o tempo ocioso nas ruas, tem tornado muito mais produtivo o período em sala de aula, além de aprimorar as capacidades intelectuais dos estudantes. Em Lages, duas escolas do Sistema Municipal oferecem ensino em tempo integral. A EMEB Anjo da Guarda, localizada no bairro Sagrado Coração de Jesus, desde a sua fundação, em 1985, atende crianças durante todo o dia. A escola foi idealizada por um grupo de senhoras do Clube Soroptimista, cuja intenção era justamente atender crianças carentes e mantê-las na escola por um tempo mais prolongado. Outra escola que aderiu ao projeto piloto foi a EMEB Oscar Schweitzer, localizada no bairro Guadalajara. A escola iniciou com o ensino integral este ano e conta com várias atividades no contra turno escolar. O Secretário da Educação, Amilton Werlich, afirma que muitas escolas têm dificuldades em aderir ao ensino em tempo integral por falta de espaço físico, como salas de aula e recursos para manter as equipes durante todo o dia.  “O investimento do governo federal na educação está aumentando, com a promessa de melhorar a estrutura das escolas, para não sobrecarregar a administração municipal. Nós aguardamos muito por isso”, finaliza. Aline Tives - Asses. de Imprensa da Secr. Munic. de Educação