Durante atividade fiscalizatória, uma guarnição da 4ª Companhia de Polícia Militar Ambiental de Lages, flagrou a supressão de 8.500m² de floresta em São José do Cerrito. Após avaliação, os policiais constataram tratar-se de uma floresta em estágio avançado de regeneração natural. "É importante ressaltar que esse tipo de vegetação é protegida integralmente pela lei nº 11.428/06 (Lei da Mata Atlântica), não estando sujeita a exploração, com exceção de casos de utilidade pública comprovada", explica o soldado Küster. Dessa forma, os policiais continuam empreendendo diligências visando apurar a autoria do fato para instauração de procedimento administrativo e instruir procedimento penal. Informações Polícia Ambiental de Lages /Assessoria de imprensa