Homens, mulheres, crianças e idosos, todos imbuídos do mesmo propósito. O desafio de cumprir o percurso de 24 quilômetros da Cavalgada Diacavalo ao Pinguirito. Na décima quinta edição, o evento reuniu, sábado, mais de três mil pessoas. Até o governador Raimundo Colombo prestigiou a cavalgada, que se caracteriza pelo encontro de cavaleiros de Bom Retiro e de Alfredo Wagner.

 

 

\"\"

 

Foram três meses de organização para definir um percurso inédito e rico por belezas naturais de campos, fazendas históricas, matas, rios e encostas de montanhas que lembram da coragem e a determinação dos pioneiros desbravadores.  De Bom Retiro ao menos dois mil cavaleiros partiram do parque de Exposições sentido à granja de leite Gato do Mato. Passaram pelas localidades de Guarda Velha, Calçada, Costãozinho, Arroio do Boi e Arroio dos Coqueiros. De Alfredo Wagner os cavaleiros passaram pelas localidades de Saltinho, Catuíra, Cadeado, Avencal e Pinhal.

 

\"\"

 

Os grupos se encontraram numa antiga trilha da primeira ligação de Lages a Florianópolis, aberta em 1787. E seguiram juntos até a localidade do Pinguirito, onde se confraternizaram no pátio do salão da igreja Nossa Senhora Auxiliadora. Show com os grupos Balada Campeira e Redomão animaram os cavaleiros. Se integraram às apresentações, o cantor nativista Dante Ramon Ledesma e a dupla de cantores Mayk e Key. Dez potros crioulos com registro foram sorteados entre os participantes da cavalada.

 

Fotos e texto: Onéris Lopes - Asses. de Imprensa da Amures