Na sua coluna de hoje no Jornal Correio Lageano, Raul Sartori faz duras críticas ao Governo do Estado. No segundo comentário da coluna - com título - \"Valores\" - Ele diz:

\"Não dá para deglutir a desculpa do Governo, que parece ir à falência se tiver que gastar R$ 3 milhões para manter 29 núcleos, por todo Estado, de um cursinho pré-vestibular gratuito em parceria com a UFSC. Em 2011 esse pré-vestibular atendeu 3.100 alunos, com índice de aprovação de 53%. Falta dinheiro? Não faltou R$ 800 mil para dar na boca do caixa aos promotores do milionário e lucrativo show de Paul Mc Cartney em Florianópolis. Indigerível\".

No primeiro comentário - \"Ressalvas e Recomendações\" - Raul Sartori fala sobre as recomendações  do TC do Estado ao Governo para que decida entre reduzir o número de Secretarias Regionais (36) ou que, através de estudo técnico, comprove sua necessidade. Ou seja, Sartori diz que Colombo, quando oposição, chamava as SDRs de \"cabides de emprego\". E agora o TC, com 10 anos de atraso, recomenda a redução do número de SDRs ou a comprovação de sua necessidade e eficâcia.

\"Comprometimento\" - Finalmente, no seu último comentário, Raul Sartori assim se manifesta: \"Se não fosse um governo tão fatiado, obrigado a pedir a benção, literalmente, a tantos caciques antes de tomar qualquer decisão, o governador Raimundo Colombo já teria exonerado, sem lamentos, o secretário adjunto da Segurança Pública, Fernando Menezes.\"

Loreno Siega - Revista Visão