De janeiro até maio de 2012, a Polícia Militar Ambiental (PMA), de Lages, já atendeu 184 crimes ambientais na Serra Catarinense. Dentre as ocorrências, as infrações contra a flora e sem licença ambiental   são as que lideram o ranking. Os desmatamentos ilegais, de longe,  lideram as ocorrências.

Os registros da PMA apontam uma infração contra o ato administrativo, três contra o ordenamento urbano; 20 contra a fauna; 80 contra a flora e  80 ocorrências de atividades sem licença ambiental, que podem ser potencialmente poluidoras.