O prefeito de Correia Pinto, Vânio Forster e o diretor das unidades da Klabin em Santa Catarina, Sadi de Oliveira voltaram a discutir a pavimentação asfáltica da SC 435, que liga Correia Pinto a Palmeira. O asfalto vai diminuir em 50 Km a distância entre os dois municípios. Serão pavimentados, 29 km.   Ficarão interligados por asfalto Correia Pinto, Palmeira e Otacílio Costa. O projeto, que está sendo elaborado pela construtora Sotepa, teve inicio há uma semana e deverá ficar pronto dentro de sete meses, já com todas as licenças ambientais. Segundo a empresa, o projeto custará R$ 1,5 milhão. O valor total da obra  só será possível saber com precisão, ao término do projeto, adiantou Gilson José Vieira, gerente de projetos e manutenção da Klabin S/A, que confirma a intenção de manter o atual traçado da rodovia, porem, o levantamento topográfico indicará a necessidade ou não de alterações.   Um dos obstáculos já identificados, é uma estrada de ferro, que poderá forçar a construção de um elevado. Dentro de três semanas, será realizado levantamento do fluxo de veículos, principalmente caminhões. Outro levantamento, que terá inicio imediatamente,é o número de florestas ao longo da rodovia e seus proprietários. 
   Amarildo Volpatto - Pref. Munic. de Correia Pinto