O Município de Lages vai integrar a seu patrimônio, através da Fundação Cultural, todo o acervo do Museu Histórico Thiago de Castro. A aquisição foi viabilizada depois de longas tratativas com a família proprietária do Museu, conduzidas pelo Ministério Público Estadual,  através 13ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages.

 

 

Como parte deste processo, na segunda-feira, dia 18, às 11 horas, no Museu Thiago e Castro, será assinado Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta entre o Ministério Público Estadual, o Município de Lages, Fundação Cultural de Lages, a Fundação Catarinense de Cultura e a UNIPLAC, visando à adoção de medidas concretas de conservação do Museu. O Ministério Público repassará à família proprietária do museu a verba para sua aquisição, repassando o acervo para o Município, que se obrigará a adotar aquelas medidas de preservação integral do acervo cultural do Museu.

 

 

Com o apoio da Fundação Uniplac e o assessoramento da Fundação Catarinense de Cultura, a Fundação Cultural de Lages formará comissão para promover o inventário do acervo do Museu e implementar as ações destinadas à restauração do prédio onde está instalado o museu, à elaboração do plano museológico, à microfilmagem da documentaçãoque integra o acervo e à conservação deste em condições de receber o acesso públicocom segurança.

 

 

Assinarão o documento que representará, na prática, a transferência da propriedade do Museu Thiago de Castro ao Município o Prefeito Renato Nunes de Oliveira (Município de Lages); Dr. Renee Cardoso Braga (Promotoria Pública);João Carlos Matias (Fundação Cultural de Lages); Joceli de Souza (Fundação Catarinense de Cultura) e Luci Ramos (Fundação Uniplac).

 

Texto: João Carlos Mathias - Superintendente da Fundação Cultural de Lages