Vereadores aprovam tombamento do Inter de Lages como patrimônio cultural da cidade. A proposta foi aceita por unanimidade e agora requerimento segue para a mesa do prefeito Renato Nunes de Oliveira. A proposta foi vereador Rodrigo Silva (DEM).

 “Mais do que um time de futebol, o Internacional é um bem cultural da cidade de Lages”, diz o vereador no texto em que apresentou a proposta de requerimento.“O clube é uma bandeira que pertence a todos, e assim, com tal grandeza, é que deve ser tratado.”Na prática, o que os vereadores aprovaram ainda não foi o tombamento do clube, mas sim o primeiro passo nessa direção. O responsável pelo tombamento é o presidente do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Lages – posto ocupado pelo prefeito Renato Nunes de Oliveira. O prefeito e o superintendente da Fundação Cultural, João Carlos Matias, agora vão analisar o pedido aprovado pelos vereadores.

Nesta quinta-feira, dia 21, o advogado e escritor Mauricio Neves de Jesus lança “Aquelas Camisas Vermelhas”, livro que conta a história do Inter de Lages. A obra resgata também os primórdios do futebol lageano, a partir da chegada da primeira bola de futebol à cidade, em 1915.

Informações Movimento Leão Colorado