“O aluno do SENAI, quando inicia suas atividades profissionais, efetivamente sabe fazer. E está perfeitamente adaptado e sintonizado às exigências do mercado e aos  padrões tecnológicos da atualidade, o que é uma grande diferença”. Com essa frase, o coordenador de núcleos do SENAI de Lages, professor Jones Tarcílio Luzzi, sintetiza uma das grandes preocupações da instituição, que é preparar e formar bons profissionais para  o mundo do trabalho e para os desafios das empresas, contribuindo para  o desenvolvimento regional.

\"\"

Desta forma, não é à toa que em torno de 95% dos egressos dos cursos do SENAI já saem da instituição com pelo menos uma oportunidade de trabalho garantida. “Nossos alunos, ao longo dos cursos, tem uma sólida formação teórica. E, o que é mais importante, todos têm vivência prática diária nos vários laboratórios da unidade, o que os deixa efetivamente preparados para o dia-a-dia da empresa”, reforçou a professora Cláudia Pezzi, coordenadora pedagógica da unidade.

INVESTIMENTOS CONSTANTES

Para que essa formação de qualidade efetivamente aconteça, além do nível elevado de formação dos professores e orientadores, uma das  preocupações do SENAI é o investimento constante em modernização e aperfeiçoamento tecnológico. Neste sentido, nos últimos meses, o SENAI de Lages promoveu uma completa reestruturação em diversos laboratórios, com investimento apenas no primeiro semestre de 2012 que totalizam  R$ 745 mil. No laboratório de Automação Industrial, foram  investidos em torno de R$ 250 mil em novos equipamentos e na reestruturação, mais R$ 70 mil  no laboratório de Soldagem, R$ 55 mil no laboratório de Manutenção Mecânica, R% 180 mil no laboratório de Eletrotécnica, R$ 80 mil no laboratório de Eletrônica e mais R$ 110 mil na implantação do novo laboratório de redes.

PESSOAS E BIBLIOTECA

\"\"

Além da reestruturação dos vários laboratórios, o SENAI também investe nas  pessoas. Neste ano, por exemplo, serão investidos R$ 68 mil no Plano de Desenvolvimento de Pessoas e Auxílio ao Autodesenvolvimento dos colaboradores da unidade.  Com relação ao acervo da Biblioteca (livros de literatura, didáticos e técnicos, revistas, jornais, etc)  em 2012 foram adquiridos até o momento 221 novos títulos, com investimento que já superam os R$ 35 mil.

Na  unidade, que atende em torno de 1800 alunos nos vários cursos e modalidades de educação profissional, existem em  torno de 6.700  volumes na biblioteca. E se o aluno não encontrar em Lages um livro ou obra que precisa para pesquisas, pode recorrer ao  sistema integrado das bibliotecas das outras 35 unidades.

Loreno Siega - Sinergia Comunicações Ltda.