Cuidar da saúde da pequena Amanda, de 8 anos, que sofre de leucemia, é uma tarefa que vai ficar menos complicada para a família da menina, que mora em Lages. A partir de sexta-feira (29/06), o município e região passaram a contar com o novo Pronto Atendimento (PA) do Hospital Infantil Seara do Bem. O governador Raimundo Colombo inaugurou a nova estrutura, que tem capacidade para atender mais de 5 mil crianças por mês, e contou com investimentos de R$ 2 milhões do Governo do Estado. “Estamos aumentando a participação do Estado em hospitais filantrópicos, pois sabemos o quanto é difícil trabalhar com uma tabela SUS tão defasada. Travamos uma batalha para reduzir os custos e investir diretamente na saúde das pessoas”, afirmou Colombo.

\"\"

A unidade dispõe de 998 metros quadrados de área construída, salas para triagem, observação e aplicação de medicamentos, consultórios, alas de ortopedia e emergência, e o setor administrativo. O PA leva o nome do General Souto Maior, uma homenagem a um dos principais colaboradores na construção do hospital, na década de 1960. Para o diretor do Seara do Bem, doutor Wilson Ribeiro dos Santos, a obra confirma uma tradição de referência no atendimento a crianças de toda a região Serrana. “No ano passado, nossa instituição recebeu mais de 900 crianças vindas de outros municípios. O hospital nunca deixou de prestar serviços de qualidade, mesmo nas antigas instalações. Mas agora podemos realizar um trabalho ainda melhor, com uma das mais modernas estruturas do Estado”, disse o diretor do hospital.

\"\"

O secretário-adjunto da Saúde, Acélio Casagrande, informou que serão realizados outros investimentos no setor. Ele citou que estão disponíveis recursos, na ordem de R$ 900 mil, para obras de ampliação que vão praticamente dobrar a capacidade de atendimento de outro hospital da cidade, o Tereza Ramos. Além disso, deve ser definido, até o mês de dezembro, o processo licitatório da empresa que vai gerenciar o serviço de radioterapia na mesma instituição. Também foram liberados R$ 390 mil para que a prefeitura possa adquirir equipamentos para a policlínica regional de saúde.

Informações Fábio Ramos / Assessor de Imprensa da SDR Lages