Seis meses depois de uma missão italiana formada basicamente por engenheiros ter visitado a região com intuito de firmar uma cooperação intergovernamental, o presidente da Amures, Luiz Paulo Farias recebeu esta semana o engenheiro químico Michele Ferrari,  que permanecerá na região pelos próximos 40 dias. Ele acompanhará projeto em curso nos municípios e fará prospecções de possíveis investimentos europeus nos municípios.

O que explica o presidente da Amures é que, esta relação bilateral entre a Serra Catarinense e engenheiros da região de Verona iniciou ano passado quando um grupo de prefeitos visitou os italianos. Depois eles vieram em comitiva a e agora iniciam um trabalho mais de sondagens e verificação de potenciais. “A Itália está em crise e por isso há grandes empresários que desejam investir em economias mais sólidas. E o Brasil pode ser um desses destinos de empreendimentos, por isso avançamos com esta parceria”, justifica Luiz Paulo Farias.

De acordo com Michele Ferrari, nesse período percorrerá todos os municípios da Amures em busca de parcerias. “Em Verona existe um projeto que prevê a relação profissional e comercial de engenheiros e dentro de proposta queremos trabalhar juntos. O que buscamos é uma colaboração entre empresas itals e serranas e juntos superarmos as dificuldades econômicas”, explica Michele Ferrari.

O visitante é conselheiro da Ordem dos Engenheiros de Verona e participa nesta terça-feira da assembleia dos prefeitos da Amures, em Capão Alto.

 

Onéris Lopes - Assess. de Imprensa da Amures