O empresário Luiz Figueiredo, proprietário da Lafi Cosméticos e da indústria de esmaltes e cosméticos L´Appogee, realizador do maior evento de beleza de Lages - o Fashion Hair - está chateado com algumas situações.

Nesta semana, por exemplo, recebeu empresários do Rio de Janeiro interessados em terceirizar a produção de esmaltes com sua empresa (a L´Appoggée fabricaria os produtos para eles em Lages). \"Não fechamos negócio simplesmente porque eles querem um aeroporto funcionando, o que facilita os deslocamentos e a realização de negócios\", disse.

Figueiredo também falou que para o crescimento da sua própria empresa, a Lafi Cosméticos, o aeroporto seria fundamental. \"Estamos crescendo e  expandindo mercados. Já estamos atendendo até a região de Campinas e Ribeirão Preto, em São Paulo. E precisamos nos deslocar constantemente. A falta de um aeroporto dificulta muito as coisas\", acrescentou.

Outra dificuldade é a falta de um Centro de Eventos à altura do que a cidade já comporta e precisa. Segundo ele, o Fashion Hair - que todos os anos recebia mais de dois mil profissionais vindos de fora - neste ano precisou ser realizado na Pousada Rural do SESC. \"Eles têm um excelente centro de eventos, com ótima infraestrutura. Mas o auditório é pequeno para nossas necessidades. E lá não pega nem celular. Não temos como continuar realizando evento tão grande sem um local adequado. E o Centro Serra, infelizmente, deve virar um shopping center. Então, precisamos com urgência de um novo local para eventos\", argumentou.

A Prefeitura de  Ribeirão Preto, por exemplo, chamou Figueiredo há alguns dias e ofereceu toda infraestrutura para a realização de um evento de beleza. \"Vamos fazer lá em outubro deste ano. Eles têm um moderno centro de eventos com 50 mil m2 de área construída. Não estou dizendo que vou embora de Lages, mas a gente fica bem chateado com essas situações\", admitiu.

Loreno Siega - Revista Visão