Aproveitando exatamente o dia em que quase todos os holofotes da imprensa local e estadual anunciavam a instalação da Sinotruk em Lages - na última sexta-feira - 27 de julho - a assessoria de imprensa da Prefeitura de Lages deixou vazar para APENAS ALGUNS VEÍCULOS DE IMPRENSA o resultado da 24a. Festa Nacional do Pinhão.

A Revista Visão - que desde antes da realização do evento vinha criticando a forma como é realizado o evento  - por um pequeno grupo, sem abertura e discussão alguma com a comunidade - NÃO FOI CONVIDADA PARA A PRESTAÇÃO DE CONTAS, QUE DEVERIA SER PÚBLICA - E tampouco recebeu sequer um release com as informações.

Mas nós fomos em busca. E divulgamos agora - MESMO CONTRA A VONTADE DO SETOR DE COMUNICAÇÃO A PREFEITURA - os resultados.

Apesar dos grandes shows terem sido pagos por uma empresa privada  - que ficou com 90% da bilheteria dos dias pagos - O PREJUÍZO TOTAL DESTE ANO FOI DE \"APENAS\"  R$ 1.112.260,44. E os organizadores ainda têm a coragem de chamar isso de \"INVESTIMENTO\". Pode?

Nestes números - PREJUÍZO - não estão computados ainda R$ 205 mil de patrocínios - Se os patrocinadores não pagarem - como aconteceu no ano passado quando o Governo Federal deixou de honrar com a promessa de R$ 700 mil - O \"ROMBO\" será ainda maior - podendo chegar a mais de R$ 1,3 milhão.

Com apenas os valores oficiais do déficit, daria para a Prefeitura adquirir 44 veículos populares zero quilômetro. Ou então construir pelo menos 23 casas populares (cada uma num valor de R$ 50 mil). Ou ainda comprar duas patrolas novinhas em folha para melhorar as estradas da galera do interior.

Pelos números DIVULGADOS APENAS PARA ALGUNS - o total de despesas do evento somou R$ 3.208.395,03. E as receitas da Prefeitura chegaram a apenas R$ 2.096.154,44. Ou seja, gastou-se mais de R$ 3 milhões para fazer a festa sem pagar nenhum grande show nacional (pelos números, os gastos da Prefeitura com shows foi de R$ 723.650 - shows nacionais em dias gratuitos, regionais e locais).

Ainda, nos números divulgados, o público pagante deste ano foi de 105.004 pessoas (90% do dinheiro ficou com a ABENÇOADA empresa privada (que todo ano vence as licitações para a contratação dos shows).  E o público não pagante chegou a 107.599 pessoas.

DEVE TER SIDO POR NÚMEROS TÃO CRUÉIS COM A ADMINISTRAÇÃO QUE NÃO NOS REPASSARAM E NEM NOS CONVIDARAM PARA MOSTRAR TÃO PÍFIO RESULTADO.

MAS O POVO DE LAGES É INTELIGENTE. E SABE DAS COISAS.

\"Você pode enganar uma pessoa o tempo todo. Você pode enganar algumas pessoas por um bom tempo. Mas você não pode enganar todas as pessoas o tempo todo.\"

Loreno Siega - Revista Visão