Um evento que contou com a presença de  quase todos os prefeitos da região e de  diversas outras autoridades de âmbito estadual e federal marcou no início da tarde de  hoje a comemoração dos 44 anos da AMURES. A rua onde está localizada a sede da entidade, no centro da cidade, foi fechada para o trânsito. E defronte ao  prédio as autoridades se aglomeraram para a realização do ato.

\"\"

Entre os presentes, o fundador da entidade municipalista, ex-prefeito de Lages, Nilton Rogério Neves, primeiro presidente da entidade. Além dele, estiveram o atual presidente, Luiz Paulo Farias (Paulinho), prefeito de Ponte Alta; Renato Nunes de Oliveira, prefeito de Lages e presidente do Cisama (Consórcio Intermunicipal de Meio Ambiente), Jurandi Gugel (Delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário em SC - MDS), Eng. Agrônomo Selênio Sartori (Diretor Executivo do CISAMA); Iraci Vieira de Souza (atual Secretária Executiva da entidade); o atual presidente da FECAM, prefeito de Siderópolis; ex-presidentes da entidade, equipe técnica da AMURES (incluindo Gilsoni Albini - ex-secretário Executivo da entidade, que há poucos meses deixou a função e trabalha na Fecam).

\"\"

Após as falas iniciais, aconteceu a entrega de 18 veículos gol zero km - 1 para cada município da região - adquiridos com recursos do Ministério do Desevolvimento Agrário (MDA), com contrapartida dos municípios. Os veículos e outros 18 escritórios equipados  vão ser utilizados em cada  município no Serviço de Inspeção Municipal - SIM -  coordenado de  forma regional  pelo   Sistema Único de Atenção Agropecuária (SUASA), implantado na região.

\"\"

O MDS investiu R$ 391 mil  no projeto, além de outros R$ 191 mil de contrapartida das Prefeituras. Só na montagem dos  escritórios  em cada município foram investidos R$ 61 mil na aquisição de laptops, projetores e impressoras. Foram adquiridos ainda mesas e cadeiras, além de smartphones.

\"\"

Além de buscar garantir a sanidade agropecuária, desde o local da produção primária até a colocação do produto final no mercado, o SUASA construirá uma proposta de permanência do homem no campo, com renda e qualidade de vida. E os primeiros  passos estão consolidados com o ingresso de agroindùstrias no programa \"Sabor Serrano\", uma marca que já tem o interesse de mais de 90 agroindústrias da Serra Catarinense e que passarão a s erem atendidas pelas equipes técnicas dos municípios.

\"\"

No evento, ainda, foi efetuado o lançamento da revista especial comemorativa dos 44 anos da AMURES, um trabalho coordenado pelo assessor de imprensa da entidade, Onéris Lopes.

Loreno Siega - Revista Visão