\"\"

A 15ª Sakura Matsuri - realizada neste domingo (02/09) na Colônia Japonesa de Frei Rogério (20 Km de Curitibanos) - reuniu  apreciadores da cultura nipônica. O evento teve como palco o  Parque Sakura,  no Núcleo Celso Ramos, em Frei Rogério. A tradicional festa da Colônia Japonesa começou às 8 horas e encerrou por volta das 16  horas. No evento aconteceram inúmeras apresentações típicas da cultura japonesa, além da gastronomia nipônica e o belo visual proporcionado pelas flores das cerejeiras.

\"\"

A comunidade de Núcleo Celso Ramos formou-se legalmente em 28 de Janeiro de 1963, quando o governador do estado de Santa Catarina, o senhor Celso Ramos (1897-1996) assinou em Florianópolis o documento que oficializava a fundação da primeira Colônia de Imigrantes Japoneses do Estado de Santa Catarina.

\"\"

 
Em 09 de Abril de 1964 chegaram os primeiros imigrantes japoneses, ao total oito famílias, mais de 50 pessoas,  à colônia Celso Ramos. As famílias eram dos senhores: Kazumi Ogawa, Shingo Sugiyama, Niro Kuwahara, Takao Katsurayama, Koji Katsurayama, Kiyotsugu Kubota, Wataru Ogawa, Fujishige Eguchi. Cada lote de terra custava Cr$ 1.997.106 (um milhão novecentos e noventa e sete mil cento e seis cruzeiros). O pagamento era de dez anos, com três anos de carência.

O Governo do Estado destinou gratuitamente 22,5 alqueires para a construção da sede social da Associação Cultural Brasil-Japão, inaugurada em 12 de setembro de 1970, em estilo e caráter oriental, com apresentações de peças teatrais, danças e músicas japonesas. Todos os moradores da Colônia cooperaram na construção da sede, atualmente localizada no Parque Sakura Matsuri.

\"\"

A Colônia Japonesa de Frei Rogério é pioneira no cultivo e introdução de várias espécies de frutíferas no Brasil, entre as quais estão as peras nashi (pera asiática), sem falar em outras espécies. No local, há também várias pessoas que trabalham na produção de bonzai (árvores em miniatura). Em 2008, foi inaugurado no local uma unidade do Museu da Paz (com diversas obras vindas do Japão que lembram os horrores do holocausto - Hiroshima e Nagasaki).

\"\"

Fotos: Gugu Garcia - Informações - Jornal A Semana e Loreno Siega