Se o PSD foi o segundo partido em número de prefeituras em Santa Catarina (perdeu feio para o PMDB) - e está na disputa no segundo turno nos três maiores colégios eleitorais do Estado - o mesmo desempenho não obteve em Lages e na Serra Catarinense.

Em Lages - terra natal do Governador - e onde ele esteve várias vezes - fincando pés direto na cidade na última semana - perdeu para Elizeu Mattos, do PMDB. O partido de LHS, por sinal, fez nove das 18 prefeituras da região. Enquanto que o partido de Colombo, o PSD, fez apenas uma (na pequena Urubici).  

Em Curitibanos, aqui próximo, apesar do grande trabalho do atual prefeito Wanderley Agostini (PSD), que tem na cidade inclusive um deputado federal (Onofre Santo Agostini), o PSD de Colombo tomou uma \"esfrega\" do PMDB. Dudão, do PMDB, prefeito eleito,  fez 61% dos votos contra o candidato Roque Stanguerlin, do PSD.

Se as urnas pudessem falar, com certeza elas diriam:

\"Colombo, não basta fazer de conta que governa para os serranos. Queremos muito mais do que promessas e folhas de papel assinadas. Queremos obras, ações, que sua caneta faça a diferença\".

\"Em 2010 os serranos lhe deram quase 80% dos votos para o Governo do Estado. E agora, você tem mais dois anos pela frente para fazer a diferença. Caso contrário......\"

ALGUMAS DAS AÇÕES QUE SUGERIMOS A COLOMBO NOS  DOIS ANOS ANTES DA REELEIÇÃO:

- Concluir pra ontem as obras do aeroporto regional de Correia Pinto:

- Trazer de vez a Sinotruck, a Novaer Kraft e todas as demais promessas feitas durante a campanha;

- Recuperar com urgência todas as rodovias estaduais da região que estão \"aos frangalhos\";

- Iniciar e terminar a ampliação da nova ala do Hospital Tereza Ramos;

- Etc, etc, etc.....

Loreno Siega - Revista Visão