No começo de novembro - provavelmente dia 06/11 - o Observatório Social de Lages fará uma reunião com todas as entidades  mantenedoras. Objetivo é apresentar os trabalhos realizados até agora - principalmente nas questões burocráticas, registro  e legalização da entidade - bem como o aluguel da sala onde o OS de Lages vai trabalhar - compra de móveis e equipamentos e o início dos trabalhos, previstos para o começo do próximo ano.

Coincidentemente, começa uma nova administração. Com o Observatório Social também iniciando seus trabalhos. É um motivo a mais para Elizeu Mattos e Toni cuidarem muito bem do dinheiro  público. E também para o próximo presidente da Câmara. Afinal, o Observatório Social quer mesmo, na sua essência,  acompanhar de perto os gastos da Prefeitura e da Câmara, ver a  transparência nesses  gastos e que a população saiba tudo sobre isso.

Loreno Siega - Revista Visão