O projeto de lei complementar 024/12, de origem do Executivo, e aprovado na Câmara nesta terça-feira, reativa em Lages o Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac). O projeto atual altera e atualiza a Lei Complementar 022 de 22 de outubro de 1995, que criou o organismo e o fundo para proteção do patrimônio cultural de Lages.

O Compac é o órgão responsável pela conservação, proteção e preservação dos bens materiais e imateriais que representam a memória da cidade. Ele será formado por profissionais de diversas áreas, ligados as questões relativas ao Patrimônio Histórico e Cultural.

Marcius Machado (PPS) destacou a rápida tramitação do projeto na Câmara. “Este é um projeto importante para captar recursos e não devolver ao Governo Federal verbas referentes ao patrimônio, como, por exemplo, o Mercado Público Municipal. Sempre que vem um projeto importante para esta cidade, nós o tramitamos e o aprovamos de maneira célere, pois é pelo bem comum da população lageana.”

Éverton Gregório - Assess. de Imprensa da Câmara de Lages