O governador Raimundo Colombo estará no munícipio de Ponte Alta, às 14 horas deste sábado, 8/12, para acompanhar os trabalhos da Defesa Civil Estadual no atendimento à população. O município da Serra catarinense foi atingido por ventos fortes e chuvas de granizo no fim da tarde do último domingo, 2. Os fenômenos naturais danificaram residências, escolas, postos de saúde, prédios públicos, empresas, entidades filantrópicas e lavouras. Mais de 1.900 telhados foram atingidos  e a produção agrícola foi bastante afetada. Ao tomar do conhecimento da situação, Colombo entrou em contato, na ocasião, com o prefeito Luiz Paulo Farias e colocou os órgãos do Governo do Estado à disposição.

No mesmo dia, as coordenadorias regionais da Defesa Civil de Lages e Curitibanos montaram acampamento em Ponte Alta, e auxiliaram no levantamento dos danos. Durante toda esta semana, a Secretaria de Estado da Defesa Civil enviou telhas, lonas, cestas básicas e colchões para serem distribuídos entre os atingidos.

A Centrais Elétricas de Santa Catarina - Celesc, por sua vez, vem substituindo os postes danificados, enquanto a Fundação do Meio Ambiente (Fatma), a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e a Polícia Ambiental tratam das questões relacionadas ao corte das árvores danificadas e a recuperação das plantações.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Lages segue acompanhando a situação do município. Todos os gerentes estão de sobreaviso e mantém contato diário com as secretarias setoriais. “Os danos estão sendo reparados, e com isso a autoestima das pessoas está melhorando”, informou o secretário regional Jurandi Agustini, que esteve no município pela terceira vez, nesta sexta-feira.

Fábio Ramos - Asses. de Imprensa da SDR de Lages