O helicóptero que levava o governador Raimundo Colombo e o secretário da Defesa Civil, Geraldo Althoff, a Ponte Alta, não conseguiu pousar na Serra Catarinense devido à alta nebulosidade deste sábado. Os pilotos tentaram chegar ao município por rotas alternativas, como o meio oeste a o alto vale do Itajaí (procedimento este que durou mais de uma hora), mas por questões de segurança, optaram pelo retorno a Florianópolis. Já em terra, o governador telefonou para o prefeito Luiz Paulo Farias explicando a situação, e ambos marcaram reunião na tarde de segunda-feira, no Centro Administrativo do Estado.

Colombo irá autorizar a liberação de recursos para o município, que foi atingido por ventos fortes e chuvas de granizo no fim da tarde do último domingo, 2. Os fenômenos naturais danificaram residências, escolas, postos de saúde, prédios públicos, empresas, entidades filantrópicas e lavouras. Mais de 1.900 telhados foram atingidos, e a produção agrícola foi bastante afetada. A Defesa Civil do Estado, a Celesc, a Fatma, a Polícia Ambiental, a Epagri e a SDR auxiliam a população desde segunda-feira.

Assessoria de Imprensa do Governo de SC