O clima de nostalgia tomou conta logo que o deputado Elizeu Mattos assomou à tribuna para fazer o pronunciamento de despedida da Assembleia Legislativa depois de seis anos no parlamento, onde foi vice-líder do PMDB e líder de três governos antes de se eleger prefeito de Lages, cargo para o qual será diplomado nesta quarta-feira (19/12). “Já estou com saudades, e percebi que estou indo embora quando vi minha equipe encaixotando tudo o que fazia parte do gabinete, as paredes sem quadros, as estantes sem livros”, ele falou com a voz embargada, logo valorizando a passagem na casa legislativa: “Vou levar o que mais aprendi, a arte da convivência, saber escutar, e como dizia quando era o líder, em períodos tumultuados, ficar rouco de tanto escutar”.