Os secretários do Desenvolvimento Econômico, Luís Carlos Pinheiro, e do Planejamento, Jorge Raineski, estiveram reunidos na tarde desta quinta (31) com o prefeito Elizeu Mattos e fizeram um resumo da viagem empreendida a Rio Negro (PR), onde conversaram com técnicos da concessionária Autopista Planalto Sul, na terça-feira (29). Ao prefeito, repassaram boas notícias a respeito do fechamento dos acessos irregulares da BR-116, que estaria prejudicando empresas e moradores do perímetro urbano de Lages, situados às margens da rodovia.

A decisão do fechamento dos acessos partiu da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), pois eram travessias de risco e traziam insegurança aos usuários da pista. De acordo com Pinheiro, a solução encontrada foi retomar o projeto de construção de marginais na BR, onde seriam implantados acostamentos que facilitariam o retorno e acesso às empresas. “Esse projeto foi aprovado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (DNIT/Lages) em 2004, mas não foi executado pela então administração. Agora queremos executá-lo e solucionar o problema o mais rápido possível”, comenta.

A ANTT deu um prazo para a regularização do projeto técnico, que será feito pelo Planejamento. Enquanto isso, um ofício será encaminhado para a agência nos próximos dias para que seja liberado o acesso marginal pelo trevo da CDL, que era usado antes pela Vossko do Brasil. “Essa foi uma medida emergencial, pois o fechamento dos acessos teve um impacto muito grande para as empresas e o próprio município”, finaliza Pinheiro.