A Cooperativa Lageana de Serviços de Limpeza, e Reciclagens de Materiais (COOPERCICLA) está enfrentando problemas desde dezembro de 2012, para renovar o auxílio financeiro que a prefeitura de Lages vinha repassando no valor de R$ 3 mil  no período de abril a dezembro de 2012.

A presidente da Cooperativa, Luciana Capistrano afirma que já tentou por diversas vezes conversar com o secretário do Meio Ambiente Mushue Hampel, mas não obteve nenhuma resposta até agora. “Estou tentando negociar desde que o Prefeito Elizeu ganhou as eleições o ano passado, esse ano já perdi as contas das vezes que procurei o secretário do meio ambiente, e na secretaria ninguém consegue me dar uma resposta”, explica.

Em meio a esse empasse o Vereador João Alberto Duarte (PSD) irá fazer uma Indicação nessa segunda-feira na Câmara Legislativa para que a prefeitura de Lages renove o auxílio financeiro. “A COOPERCICLA é muito importante para o nosso município, além de ser a renda financeira de 23 cooperados. É uma iniciativa para a cidade se adequar à nova Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que prevê o corte de recursos federais aos municípios e estados que não finalizaram seus planos de gestão o ano passado. O prazo final para destinar os resíduos de maneira correta é 2014”.

Luciana explica que Lages produz 100 toneladas de lixo doméstico por dia, e a cooperativa faz a separação de 40 toneladas por mês.

 

Informações Cris Menegon /  Foto Liana Fernandes