Um grupo de vereadores da oposição de  Lages - \"inspiradíssimos\" - está propondo a criação do \"Conselho Municipal do Carnaval de Rua\". Segundo eles, o tal conselho seria vinculado à Secretaria Municipal de Turismo e seria composto por representantes de cada uma das escolas de samba, além de entidades como ACIL, CDL e outras.

E a função seria propor, organizar e deliberar sobre a realização do carnaval de rua em Lages.

Eu fico me perguntando onde existiria um Conselho deste \"quilate\"? Não seria mais apropriado aglutinar os amantes do carnavel em torno de uma Liga Lageana das Escolas de Samba?

Fico me perguntando também que interesse teriam entidades como ACIL e CDL em organizar o carnaval de rua da cidade???? Será que essas entidades foram consultadas a respeito?

Eu gostaria de ser convencido da necessidade de tal \"Conselho\". Mas, a princípio, vejo isso como mais uma das várias inutilidades propostas e/ou sugeridas por quem deveria pensar em coisas mais importantes ou criativas para a cidade.

Que tal, por exemplo, propor a conclusão da ciclovia da Av. Carahá, que a administração passada deixou pela metade? A conclusão das muretas de proteção naquela via, que começaram e não foram concluídas? Uma biblioteca ambulante com contadores de histórias, que percorreriam as escolas municipais do interior? Uma feijoada para arrecadar fundos para o desfile de carnaval? Ou então o cumprimento da lei da espera máxima de 30 minutos para atendimento nas agências bancárias?

Loreno Siega - Revista Visão

 

// \" class=\"_mp3rocket_overlay_style\" style=\"left: ; top: ; width: ; height: \"> // ]]>