Oportunizar mais cidadania, elevar a autoestima, aproximar o poder público das pessoas – em especial as que têm maiores dificuldades em acessar os serviços de órgãos e entidades que prestam trabalhos diretos à comunidade. Estes são alguns dos objetivos da Força Tarefa Lages Cidadã, com promoção e execução do município de Lages, no dia 20 de abril (um sábado), no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Nossa Senhora dos Prazeres, no Araucária, das 9  às 17 horas, envolvendo pelo menos 10 bairros e loteamentos. “É o retorno de um antigo projeto do prefeito Elizeu Mattos”, diz a executiva de Assuntos Comunitários e Voluntários, Mauren Santos.

Ela se refere à Força-Tarefa implantada por Elizeu quando Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional (SDR) de Lages, de 2003 a 2006. Executado em todos os 12 municípios de abrangência da SDR, o projeto deu tão certo que o então governador Luiz Henrique da Silveira o transformou em programa de governo, isto é, todas as SDRs passaram a promovê-lo. Ao assumir a prefeitura de Lages em 1º de janeiro de 2013, uma das primeiras determinações de Elizeu foi colocar em prática a força-tarefa, pelo município, nos mesmos moldes de quando iniciou há quase dez anos.

Primeira edição deve beneficiar mais de 10 mil pessoas

 O que se quer é produzir efetivamente a descentralização das ações do poder Executivo municipal, indo, literalmente, ao encontro dos anseios da população mais carente em todos os aspectos. Haverá uma grande estrutura de todas as Secretarias Municipais e de voluntários atuando nos mais variados setores, produzindo efeitos imediatos nas comunidades urbana e rurais. As ações de caráter imediato serão verificadas, sobretudo, na saúde, na infraestrutura e no social. As de médio e longo prazo terão acompanhamento.

Assess. de Imprensa da PML - Foto: Nilton Wolff