Está prevista a qualificação de 5.775 pessoas em Lages, em 2013, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec), do Plano Brasil Sem Miséria, do Ministério do Desenvolvimento Social. A informação foi repassada durante oficina na manhã desta terça-feira (9), no campus do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), com a participação de municípios abrangidos por sete Secretarias de Estado do Desenvolvimento Regional (SDRs).

Participaram o secretário da Assistência Social de Lages, José Amarildo Farias, a gerente de Tecnologia e Inovação (Banco do Emprego) da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Silvana Aparecida Borges, entre outros. Em Lages, através da Secretaria da Assistência Social e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) serão oferecidos os cursos de torneiro mecânico, costureiro industrial, padeiro e confeiteiro, soldador no processo MIG MAG, eletricista de automóveis, industrial, de instalação predial de baixa tensão, mecânico de máquinas de costura, de automóveis leves, pintor de automóveis, aplicador de revestimento cerâmico, operador de empilhadeira, fresador mecânico. Alguns cursos iniciam-se este mês, os demais seguem abrindo até novembro.

As matrículas permanecem abertas, basta informar-se nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) ou ligar para (49) 3224-3014. O secretário do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Luís Carlos Pinheiro Filho, responsável pela pasta que irá ajudar a divulgar o Pronatec, se entusiasmou com o número de vagas em Lages e afirma que esse tipo de iniciativa facilita a vida de quem quer se especializar em curto e médio espaço de tempo, e precisa se colocar depressa no mercado de trabalho.

Asses. de Comunicação Social da PML - Foto: Daniele Mendes de Mello