Mais de 50 carros participaram da 1ª Carreata em Homenagem a São Jorge Guerreiro – Ogum, em Lages neste sábado (27/04). O evento teve como objetivo reunir os devotos de São Jorge, além dos adeptos e simpatizantes das religiões de matriz africana, afim de mostrar à comunidade que suas essas religiões merecem respeito.

Os carros partiram do Ginásio Jones Minosso por voltas das 16h, acompanhando a imagem do santo, escoltada pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Depois da carreata, mais de 100 pessoas reuniram-se no Centro Cívico Cruz de Souza, centro de Lages, onde foi realizada uma grande Gira (culto) em Homenagem a São Jorge Guerreiro – Ogum. Médiuns de Lages, Florianópolis, Bom Retiro, Criciúma, Imbituba e outras cidades do estado marcaram presença no local.


O evento foi uma iniciativa de Márcio de Xangô, Edson de Oxum e de Dom Wagner do Santuário Santo Expedito.

\"\" \"\" \"\"

“Que Terreiro é Esse?”

Na oportunidade, Maurício Neves de Jesus, Superintendente da Fundação Cultural de Lages, foi representado por Gilson Maximo de Oliveira (Testa de Lampião), que comentou sobre o projeto “Que Terreiro é Esse?”. O objetivo é construir o Ambiente Cultural e Rede dos Praticantes de Manifestações Religiosas de Matriz Africana e Indígena na Serra Catarinense. “Estamos indo atrás da historiografia de cada casa e líder religioso daqui. Será mais uma prova de que nossa região possui uma grande abrangência de pessoas nas religiões afro e indígena”, ressaltou.