Com 940 alunos matriculados e mais de 550 pessoas na fila de espera, a Escola de Artes da Fundação Cultural de Lages oferece os mais diversos cursos que visam fomentar a arte e a cultura lageana. A nova sede está sendo reformada e a expectativa é de que dentro de dois meses as aulas se concentrem no novo local, no prédio onde funcionava o Procon, o edifício 164, na praça da Catedral. Enquanto isso, os 18 cursos oferecidos são desenvolvidos em locais alternativos como o teatro municipal Marajoara, Biblioteca Pública Municipal e Centro Ambiental Ida Schmidt, na praça Jonas Ramos (Tanque).

A Escola de Artes foca seus cursos nas artes visuais, cênicas e musicais. Segundo a diretora Carla Zonatto, este ano haverá novidades. “Teremos workshops, com curta duração, entre eles fotografia e técnica vocal, duas atividades bastante procuradas”, explica. Para oferecer um serviço de qualidade, a Escola conta com uma equipe de profissionais qualificados. “Estamos em constante aperfeiçoamento nas técnicas de ensino e para isso a equipe de professores passa por capacitações frequentes”, relata.

Entre as novidades da Escola de Artes para este ano, já implantadas, estão às aulas de contrabaixo, guitarra e dança de salão. Este último é direcionado aos pais. “Cerca de 20% dos nossos alunos são pais que trazem seus filhos para alguma atividade e acabam participando dos cursos; essa interação é muito importante para o relacionamento da família”, afirma.

 

Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages