Há poucas semanas, o jornal Correio Lageano trouxe à tona um assunto que preocupa - e por não vermos as imagens todo dia - acaba passando despercedido.