Um grupo formado por onze técnicos representantes do governo do Estado de Minas Gerais esteve em Lages nesta terça-feira (04/06), para conhecer o modelo de inspeção sanitária animal e vegetal implantado na Serra Catarinense, através do Sistema Único de Atenção a Sanidade Agropecuária (Suasa). O objetivo é levar a experiência consolidada na região como modelo para os mais de 800 municípios mineiros.

 

A organização das agroindústrias da agricultura familiar em forma de consórcio público com vistas à implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM é o grande desafio dos mineiros. “Sem inspeção sanitária não há como fortalecer a agroindústria familiar. E aqui encontramos uma experiência fundamental para que possamos desencadear em Minas Gerais algo que vocês já tem consolidaram”, disse médico veterinário do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), responsável pelas ações estaduais de defesa sanitária, Emilson Murilo Coutinho.