A exposição “O último verão de Malinverni Filho” está aberta à visitação pública até o dia 10 de julho, no hall da Fundação Cultural de Lages (FCL), de segunda a sexta-feira. É referente à passagem dos 100 anos de Agostinho Malinverni Filho (1913-1971) e desvenda a intimidade do artista, através de uma viagem no tempo. “Percebe-se, no conjunto das 70 fotos, o aspecto humano e familiar de Malinverni”, entende o diretor de Articulação e Difusão Cultural da FCL, Adilson Freitas.

\"\"

As fotos registram em detalhes como as pessoas viviam entre 1913 e 1971. O que mais se destaca na maioria das imagens do acervo da família são as poses de Malinverni Filho. Avesso às formalidades sociais impostas na época, ele gostava da simplicidade, de jogar bilhar, de festa de São João, de contar piadas e até arriscava-se como poeta, como neste trecho: “A minha escola se baseia no correto desenho, que procuro dar vida, com as cores que me empresta a natureza”.


 

Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages