São duas as doenças mais comuns que chegam sem avisar e causam danos graves à saúde: o diabetes e a hipertensão (pressão alta). Essas enfermidades são denominadas silenciosas, pois são difíceis de serem identificadas. Na maioria dos casos o diagnóstico acaba sendo tardio. Por isso, é necessário atenção e conhecimento sobre elas para que haja um acompanhamento prévio.

A preocupação com a saúde deve incluir consultas médicas anuais, além de atenção para identificar os sintomas sutis que as doenças proporcionam. A carga genética é um fator de risco e as pessoas que tem histórico dessas enfermidades na família devem ter cuidado redobrado.


Dados sobre as doenças

Um em cada três adultos sofre de hipertensão arterial, ou pressão alta, uma condição que causa cerca de metade de todas as mortes por derrame e problemas cardíacos no mundo, conforme divulgou a Organização Mundial da Saúde (OMS) no início de 2013 em seu relatório anual sobre estatísticas sanitárias. O diabetes, que também tem grande impacto sobre a circulação, atinge um em cada dez adultos.

Segundo o mais recente levantamento realizado no Brasil sobre essas duas doenças, 22,7% dos adultos do país têm hipertensão, enquanto o diabetes atinge 5,6%. Os dados são da mais recente pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2011, da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde.



Gostou? A matéria completa você encontra na página 32 da edição de agosto da Revista Visão. ASSINE (clique aqui) OU ADQUIRA SEU EXEMPLAR NAS BANCAS.