Uma operação de fiscalização aquática aconteceu no final de semana, nos Rios Pelotas e Caveiras com o objetivo de coibir a prática da pesca predatória no período da piracema.

Na ocasião foram apreendidas cinco redes de pesca e 30 quilos de peixes. Uma pessoa foi flagrada retirando redes armadas no Rio Caveiras e será autuada pela infração ambiental cometida. 

A Polícia Ambiental intensificará as operações aquáticas no período que compreende a piracema, ou seja, de 1º de outubro a 31 de janeiro de 2014. Nesse período, é proibido pescar com redes, tarrafas ou outros petrechos que caracterizem a pesca predatório em rios ou lagos do país.

 

Informações Susana Cardoso / Assessoria de Imprensa PMA