Li em algum lugar que a Prefeitura de Lages  teria cancelado a realização da Bienal do Livro e o Fetel neste ano. O motivo seria falta de tempo hábil para realizar os dois eventos e a realização do projeto  "Natal Felicidade".

Pergunto:

- Havia tempo hábil para preparar a Festa do Pinhão, que foi realizada no começo de junho?

- Bienal do Livro e Fetel não são eventos extremamente importantes e que valorizam e incentivam a nossa cultura?

- Por que logo depois da Festa do Pinhão não se priorizaram esses dois importantes e tradicionais eventos?

Ao que tudo indica, a atual administração de Lages está priorizando os eventos "espetaculosos", com muita pompa, aqueles onde se precisa gastar bastante e chamar muita  atenção. Não que sejamos contra esses "grandes" eventos. Mas também não aprovamos - e nem aplaudimos - "o sepultamento"  do FETEL e da BIENAL DO LIVRO, que com certeza custariam bem menos e que dariam um grande retorno cultural à população.

Loreno Siega - Revista Visão