A Polícia Militar Ambiental (PMA), de Lages, deslocou até a Fazenda Campestre dos Pintos, na localidade de Santa Tereza, interior do município de Urubici, a fim de realizar uma vistoria em uma propriedade. O proprietário do local já tinha sido autuado em outra ocasião por cortar árvores nativas.

Durante a vistoria, foi constatado que o responsável pela instalação de serraria. O homem não tinha licença ou autorização do órgão ambiental competente, para realizar tal atividade.

Foram encontradas 142 araucárias cortadas na propriedade. Diante dos fatos, a PMA responsabilizou o proprietário por fazer funcionar serraria sem Licença Ambiental de Operação (LAO) e pelo corte de 142 araucárias. Ele foi autuado por sanções administrativas e  penais, com um indicativo de multa de R$ 3.500,00 por fazer funcionar serraria sem LAO, e R$ 21.000,00 pelo corte de araucária. A serraria foi embargada.


Informações Susana Cardoso / PMA de Lages