19/11 (terça) – Teatro

“BEATRIZ”

Grupo: Círculo Artístico Teodora (Fpolis/SC)

Horas: 20h

Local: Teatro Sesc/Lages

Classificação etária: 14 anos

Entrada franca

Em um camarim a atriz relembra sua história. Cantando, ela brinca com o tempo e contempla seu passado de glórias, a ruptura de seu presente e a incerteza de seu futuro. Em Beatriz encerram-se outras tantas mulheres que compõe a vasta obra de Chico Buarque e que são mote para a composição das cenas. Direção: Ana Paula Beling.

 

20/11 (quarta) – Teatro

“O DRAGÃO E SUA FÚRIA”

Grupo: Cia Periplo (Argentina)

Horas: 20h

Local: Teatro Sesc/Lages

Classificação etária: 14 anos

Entrada franca

Mirta e André, consternados pelo encerramento das publicações da revista "Parábolas y Reflexões", se propõem compartilhar os trabalhos que foram publicados em suas páginas. Na ocasião decidiram dissertar sobre a evolução da vida à consciência, a origem do homem e seu desenvolvimento. No transcurso do encontro a aparição de algumas perguntas sem resposta os convidará a percorrer lugares não previstos.

Assim, o discurso objetivo da conferência se transforma em uma disputa, onde cada um se aproveitará das debilidades do outro. Uma batalha pela razão em alguns momentos grotesca, que nos aproximará das baixezas humanas.

O Dragão e sua Fúria estreou em junho de 2003 no Dasnsk Teather Samirke, Copenhagen, Dinamarca. Participou do III Ponti’s Incontro tra Culture Festival e da III Mostra Internacional de Teatro de Grupo de Itajaí, Brasil, entre outros. Durante 2004 realizou temporada na sala Tuñon do Centro Cultural de la Cooperación e mais de 40 apresentações no El Astrolabio Teatro.

O Dragão e sua Fúria recebeu o prêmio estímulo à qualidade 2004 outorgado pelo INT e conta com o apoio do Proteatro e do Instituto Nacional del Teatro da Argentina.

 

21/11 (quinta) – Teatro

“ENSAIO SOBRE O ARTIFICIAL”

Grupo: Cia Periplo (Argentina)

Horas: 20h

Local: Teatro Sesc/Lages

Classificação etária: 14 anos

Entrada franca

O ser humano perfeito se reconstrói sobre um infinito de trajes, perucas e narizes postiços. Mas, faz-se criador de si mesmo? Ou paga o preço de uma certa morte de si mesmo, mudando de próteses para proteger-se durante os tempos de desespero?  É ele próprio que quer esconder-se atrás desta perfeição provocativa e perversa?  Quer esconder todo o seu medo atrás desta ficção pessoal, ou espera que sua última transformação finalmente tenha êxito? Com suas próteses para a alegria escorrega entre ilusões inevitáveis e necessárias enquanto aumenta...aumenta os lixeiros com grandes cenários, cortando e colando retalhos da realidade aprendida.

A estrutura do espetáculo organiza-se em uma sucessão de cenas e de intermédios, momentos em que os atores entram e saem das cinco portas dispostas no cenário em uma metamorfose contínua. Desses cruzamentos entre as portas aparecem as situações coletivas, que se desenvolvem em cenários distintos, todos os elementos confluem criando: a tempestade, a festa, a praia, o museu, a cena; auxiliados pela música entra para completar dramaticamente a ação, criando texturas e paisagens sonoras, atmosferas musicais, ambientes dramatúrgicos subterrâneos.

 

22/11 (sexta) – Música

“TALENTOS E VOZES FEMININAS DA SERRA”

Horas: 20h

Local: Teatro Sesc/Lages

Classificação etária: Livre

Entrada franca

Show que conta com a participação especial de grandes talentos femininos da serra catarinense, cantando e tocando suas composições.

O projeto conta com as participações das cantoras: Nayara Ventura, Chris Ribeiro, Alma Mattos, Karen Azeredo, Ana Learth e da instrumentista Cristina Graebin.

Tem como objetivo resgatar e valorizar os talentos femininos de nossa terra mostrando o que há de melhor e vivenciando nossas raízes, com participação especial do professor de teatro Nelson Furmiga,

num “Projeto Show” comemorando o dia do músico e o aniversário de Lages. Contamos com a presença de todos, pois será um grande presente para os lageanos.

 

23/11 – (sábado) – Dança

“MUNDO DOCE”

Academia Mens Sana In Corpore Sano (Lages/SC)

Horas: 18h

Horas: 20h – Apresentações Diversas.

Local: Teatro Sesc/Lages

Classificação etária: Livre

Entrada franca

Apresentação de Jazz, Ballet Clássico, Dança Moderna Contemporânea e Dança com estilo Livre. – Professora Lizandra Velho.

 

24/11 – (domingo) – Música

“KAOLL INTERPRETA PINK FLOYD”

Banda Kaoll (São Paulo/SP)

Horas: 20h

Local: Teatro Sesc/Lages

Classificação etária: Livre

Entrada Franca

Kaoll apresenta interpretações de clássicos da banda inglesa Pink Floyd em um espetáculo audio-visual com versões instrumentais de canções consagradas do super-grupo. Formado durante o auge da efervescente cena psicodélica londrina, o Pink Floyd encarnou como poucos o espírito de experimentação que dominaria a estética musical e artística do fim da década de 60 e nos anos 70. Inspirada diretamente nesta fértil influência, a banda brasileira Kaoll, formada em 2008, percorreu o longo e árduo caminho da cena instrumental e psicodélica no país. O reconhecimento veio já no primeiro ano, com a colaboração de Lanny Gordin, lendário guitarrista da tropicália, na divulgação de seu álbum de estréia Kaoll 04 e na gravação e divulgação do álbum "Auto-Hipnose" que obteve excelente críticas da mídia especializada. Após um período fértil de 4 anos de parceria com o mestre Lanny, os membros do projeto decidiram assumir um desafio: apresentar versões singulares para a discografia do Pink Floyd. Tarefa difícil, porém, realizada com grande competência, pelos músicos Bruno Moscatiello na guitarra, Dokter Leo na bateria, Tiago Mineiro nos teclados/piano, Yuri Garfunkel na flauta transversal e Gabriel Catanzaro no contrabaixo. O repertório percorrerá cronologicamente a trajetória do Pink Floyd e promete revisitar algumas das mais complexas e belas canções de Roger Waters e companhia.