Duas grandes atrações internacionais fecharam com chave de ouro as festividades em comemoração aos 247 anos da fundação de Lages. Os ícones norte-americanos do blues, Henry Gray e J.J. Jackson subiram ao palco da praça Joca Neves, atraindo centenas de pessoas, de todas as idades, amantes do estilo ou simplesmente curiosas por conhecer as duas figuras marcantes no cenário musical mundial. Apesar de serem norte-americanos, e viverem do mesmo som, esta é a primeira vez que os dois gigantes do blues dividem o mesmo palco. O lageano Marzio Lenzi e sua banda abriu o show, deixando uma prévia do que seria a apresentação das duas lendas do autêntico blues.

Esta é a segunda edição do Lages Blues somente neste ano, colocando a cidade na rota do blues internacional. Em maio, como um “esquenta” para a Festa Nacional do Pinhão, a Joca Neves lotou com a presença de Linsey Alexander que se apresentou no Pinhão Blues. “Aproveitamos o aniversário da cidade, um momento muito importante para a cidade, para interagir com os músicos locais e os ícones internacionais, proporcionando um momento diferente para a nossa população”, afirma o secretário de Turismo, Flávio Agustini.

A presença dos cantores em Lages foi possível graças a intervenção da Secretaria de Turismo e da Fundação Cultural, que conseguiram contato com um dos produtores, que reside em Itajaí, e faz conexão com artistas de cidades norte-americanas, como Louisiana, nos EUA. Nos próximos dias eles seguem para Caxias do Sul (RS) e Florianópolis. “Lages tem uma cultura tradicionalista muito forte, mas lembramos que existe uma diversidade cultural, com artistas locais de renome, como o próprio Expresso Rural, e Marzio Lenzi que despontou inclusive a nível nacional. Então nada mais justo que reforçarmos nossa identidade e dar espaço para a cena pop-rock que encontra eco quando se faz um show desta grandeza e lota a praça”, destaca o agente cultural Gilson Maximo.

Assess. de Comunic. Social da PML - Fotos: Sandro Scheuermann