Os protetores ambientais de Lages e Correia Pinto participaram de um acampamento no Pesque e Pague Lambedor,  no Vale das Trutas Para se tornarem protetores ambientais, alunos de escolas da rede pública e privada de ensino, fizeram uma prova seletiva e depois aprenderam sobre fauna, flora, poluição, lixo, água, reciclagem e solo. 

Os protetores que estiveram no acampamento participaram de vários exercícios que estimularam a audição, visão, olfato e tato. Eles fizeram atividades com corda, como tirolesa, rapel, comando craw, realizaram caminhadas em trilha ecológica e competições voltadas ao desenvolvimento da liderança e espírito em equipe. 

Várias instruções também aconteceram no acampamento, como aula de ofidismo (sobre serpentes), que foi dada por um soldado da Polícia Ambiental, azimute (localização com bússola), que foi ministrado pelos policiais do Pelotão de Policiamento Tático da Polícia Militar e aprenderam sobre os primeiros socorros com o Corpo de Bombeiros. Na despedida do curso, todos ganharam o tradicional "banho de batismo" para encerramento e despedida do curso. 

O programa de protetores ambientais busca conscientizar os jovens da importância da preservação do meio ambiente, formando multiplicadores de educação ambiental, busca-se ainda atingir o lado social, resgatando bons costumes, valores, ética e cidadania. 

 

Susana Cardoso - Assessoria de imprensa da PM Ambiental