Planejado para acontecer apenas no sábado (30), o mutirão de limpeza da cidade precisou ser estendido devido ao grande volume de resíduos sólidos que ainda precisam ser coletados. Assim, o Dia D teve continuidade nesta segunda-feira (2), durante todo o dia, quando os trabalhos foram intensificados. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Mushue Hampel, a ação será encerrada nesta terça-feira (3), ao meio-dia. “Fizemos um levantamento completo e iremos recolher apenas o lixo que foi depositado no sábado e que não deu tempo de ser retirado no mesmo dia. A população pode ficar tranquila que no início do ano que vem organizaremos outro mutirão, dando nova oportunidade de as pessoas limparem suas casas”, afirma.

 

Foram disponibilizados pela prefeitura cerca de 60 carros, entre utilitários, caçambas e caminhões, para realizar o serviço. Além do pátio da Coopercicla, que ficou lotado pelos resíduos, outro terreno próximo ao Caic Nossa Senhora dos Prazeres recebeu material. No Horto Municipal foi depositado o lixo orgânico, como galhos de árvores que foram podadas.

Até o final da ação estima-se que serão mais de 600 cargas, entre veículos grandes e pequenos. A quantidade de lixo recolhido ainda está sendo contabilizada, mas calculam-se várias toneladas. Durante o sábado o telefone disponibilizado, o 3221-1606, ficou congestionado. Somente no Caic Irmã Dulce, um dos pontos de apoio no bairro Guarujá, foram aproximadamente 200 ligações com pedidos. Na Central Única de Atendimentos do Meio Ambiente, localizado no Terminal Urbano, mais de 400 ligações.

 

No bairro Habitação ainda havia moradores se mobilizando para fazer a limpeza de suas residências. José Geraldo Batista de Oliveira contou que assim que começaram a serem depositados os materiais recicláveis, não demorou muito e logo surgiram catadores autônomos na ânsia de conseguirem uma renda extra. “Foi uma festa para eles. A rua estava repleta de catadores. Mas isso foi muito bom, porque as pessoas tem a mania de ficarem acumulando lixo em casa e essa foi uma oportunidade de se desfazer”, comenta.

Assess. de Comunic. Social da PML - Fotos: Sandro Scheuermann