A Revista Visão produzirá na edição de abril uma reportagem especial sobre a Capital Brasileira do Vinho e da Uva – a encantadora Bento Gonçalves, localizada na Serra Gaúcha (ao lado de Caxias do Sul), um lugar deslumbrante pela sua cultura, tradições, povo hospitaleiro e acolhedor, economia forte e pujante e grande número de eventos.

 

No último final de semana (de 14 a 16 de março), recepcionados de forma carinhosa e muito hospitaleira pelo secretário de turismo local, Sr. Gilberto Durante (na foto acima, à direita, ao lado do prefeito Guilherme Pasin), Éder Pitz de Lima (gerente geral da Visão), eu (Loreno), minha esposa Rosana e minha filha Maria Eduarda estivemos lá.

 

Conhecemos algumas das muitas vinícolas (são mais de 80 no município), experimentamos algumas das muitas opções da rica, deliciosa e maravilhosa gastronomia típica italiana, visitamos três diferentes rotas turísticas (Caminhos de Pedra, Vale dos Vinhedos e Rota das Cantinas Históricas).


Participamos também de uma inesquecível e emocionante festa italiana (a 5ª. Sagra Trevisana – na comunidade Faria Lemos), além de um passeio memorável e inigualável de Maria Fumaça (um trem movido a vapor gerado por fogo a lenha) entre as cidades de Carlos Barbosa, Garibaldi e Bento Gonçalves.

 

O resultado completo desse final de semana inesquecível – e mais detalhes sobre Bento Gonçalves (uma cidade que recebe a pequena quantia de 1.000.000 de turistas por ano) – vocês poderão conferir na íntegra na próxima edição da Revista Visão.

Nossos agradecimentos especiais ao Secretário de Cultura, Sr. Gilberto Durante; ao prefeito local, Sr. Guilherme Pasin (um jovem de apenas 31 anos que antes de ser prefeito nunca havia sido político); ao secretário executivo da Associação Caminhos de Pedra, o italiano Massimo Colaceci; ao Laguetto Viverone Hotel (onde ficamos hospedados) e a todos os que nos receberam nestes três dias memoráveis.

Quem ainda não conhece Bento Gonçalves, não sabe o que está perdendo. Fica a menos de 300 quilômetros daqui. Um pequeno paraíso e uma verdadeira aula de cultura, tradições, bom vinho, comida e costumes.

 

 Texto e fotos: Loreno Siega – Revista Visão