Na noite de sábado (29) teve início, no ginásio Jones Minosso, com a abertura oficial, os Jogos Comunitários de Lages (Jocol), tradicional e mais acirrada disputa do esporte amador de Lages, envolvendo 26 modalidades, entre elas uma inovação, o xadrez. Futebol de campo, futsal, tênis de mesa e dominó são outras atrações ao longo do ano. Ao todo, a competição deste ano de 2014 reunirá 106 equipes totalizando 369 jogos, sendo 116 nas séries A e B e outros 253 na série C, com a presença maciça de aproximadamente dez mil atletas durante os nove meses de competições.

 

No futebol de campo serão utilizados os mais diferentes espaços em diversos bairros, recebendo um grande número de expectadores aos finais de semana. O superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Armando Mello Júnior, diz que é uma das mais aguardadas e acirradas competições de Santa Catarina. “Ao longo dos anos o Jocol foi se tornando peça fundamental do nosso esporte. É uma forma de valorizarmos ainda mais os nossos atletas”, comenta. Para o coordenador do Jocol, Benedito Carvalho Moura (Dito), os atletas aguardam com ansiedade o início das competições. “A movimentação na FME é intensa no período em que estamos preparando o Jocol”, destaca.

 

 

 

Pedido de torcedora

 

 

 

Estiveram presentes na cerimônia de abertura representantes e atletas das 106 equipes. Para o presidente do Ajax/Morphos, Édson Roberto Sartori (Pardal), o grande destaque ficou por conta da organização. “É uma das melhores”, garante. Torcedora fanática do Jocol, Michele Rodrigueiro fez questão de ressaltar o equilíbrio equipes. “Estou torcendo para que não aconteçam brigas e que os atletas entendam se tratar de um evento esportivo, onde deve ser praticado com profissionalismo e não com rivalidade”, defende Michele.

 

 

 

Agradecimento especial

 

 

 

Feliz com a participação da comunidade, o superintendente da FME, Armando Mello Júnior, fez questão de lembrar a importância dos homenageados e agradecer o apoio da imprensa. “Os nossos homenageados (Célio Muniz Andrade, Antonio Carlos Costa Xavier e Afranio Tadeu Ramos Camargo) possuem uma grande história dentro do nosso esporte lageano. Foi uma escolha justa. Com relação aos nossos amigos da imprensa, só temos a agradecer pelo apoio de sempre e pela força que tem nos dado, levando sempre à comunidade o nosso esporte”, frisa.

 

 

 

Pira olímpica

 

 

 

Emocionado, o atleta encarregado em acender a pira olímpica, Marcos Vinício Schimidt, classificou o momento como ímpar em sua vida. “Tendo participado de muitas competições envolvendo o nosso esporte, o momento de hoje é único para mim, tamanha alegria e emoção em poder representar atletas, equipes, dirigentes e a cidade neste momento. Só tenho a agradecer a Deus por tudo que me concedeu. E dizer da minha paixão pelo esporte de Lages”, destaca.

 

 

 

Rústica

 

 

 

Durante a abertura foram entregues os troféus de campeão geral da “Rústica Jocol” masculino e feminino ao presidente da equipe A.D. Vila Comboni, Luiz Antonio Picinini. A equipe sagrou-se campeã nas duas modalidades no dia 22. “Vamos jogar o Jocol com raça e guarra. Queremos estar entre os primeiros”, diz Picinini.

 

 

 

 

Assess. de Imprensa da PML - Fotos: Nilton Wolff