Na manhã desta terça-feira (27), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), foi apresentada à imprensa e comunidade proposta de fiscalização e gerenciamento da Área Azul, hoje administrada pela Associação de Assistência Social, Trabalho e Cidadania (Samt), e que compreende cerca de 1.300 vagas de estacionamento rotativo em 20 ruas do Centro e do bairro Coral.

O planejamento está sendo elaborado desde o ano passado, através de reuniões com dirigentes da Samt, sob a presidência de Rosa Abou Hatem, CDL, Secretaria de Segurança e Ordem Pública, Diretoria de Trânsito (Diretran) e a empresa de tecnologia Stop Fácil, voltada para a área de mobilidade urbana.

A ideia é a implantação de sistema digital de Área Azul com os créditos de estacionamento sendo adquiridos por meio de cartão de crédito ou diretamente nos pontos de venda. Através de máquinas semelhantes ao smarthfone (smarthfone, ou, “telefone inteligente”, em português; é um celular com tecnologias avançadas, que inclui programas executados um sistema operacional, equivalente aos computadores) será feita a digitalização das placas dos veículos estacionados na Área Azul.

Desta forma poderá ser feito o desconto automático dos créditos e computar o tempo limite do veículo estacionado. Complementando o sistema, as informações são enviadas automaticamente ao smarthfone de um agente de trânsito, agilizando o auto de infração, quando necessário.


Informações Secretaria de Comunicação Prefeitura de Lages