Era o jogo entre o líder do campeonato contra o último colocado, mas, com o Inter de Lages, nenhuma conquista vem sem sofrimento. Com um gol marcado apenas aos 47 minutos do segundo tempo, o Colorado Lageano derrotou a Caçadorense por 1 a 0, conquistou o turno da Série B do Campeonato Catarinense e assegurou uma vaga - além de um ponto de bonificação - no quadrangular decisivo da competição.

O Internacional entrou em campo com duas modificações no meio-campo: Marcelo Quilder e Everlan assumiram, respectivamente, as vagas de Leandro Branco e Ildemar. O Colorado Lageano precisava de uma vitória simples na partida para assegurar o título simbólico do turno, e as mudanças na equipe, que poderiam surpreender o adversário, faziam parte dessa estratégia.

Mas o Inter encontrou um adversário tremendamente dedicado à missão de estragar a festa dos mandantes da casa. Embora os colorados tenham tido mais posse de bola e o maior número de jogadas de ataque, a Caçadorense, bem fechada na defesa, conseguia não só desmontar as investidas do Inter como ameaçar nos contra-ataques.

Foram muitos lances de ataque do Inter no primeiro tempo, mas poucos momentos de efetivo perigo para o goleiro caçadorense Robison. Em um dos lances mais claros de gol, Alê Menezes recebeu a bola dentro da pequena área, mas cabeceou em cima do goleiro.

Mudanças

O resultado de 0 a 0 não interessava ao Inter. Assim, o técnico Nasareno Silva fez duas substituições no intervalo. O meia-atacantes Leandro Branco entrou no lugar do meia Everlan e o volante Emerson Dantas substituiu o lateral-esquerdo Jefinho.

O Inter entrou com mais afinco no segundo tempo, e as jogadas de perigo se acumularam. Aos 7 minutos, Leandro Branco cabeceou a bola cruzada por Marcelo Quilder e quase marcou. Os colorados permaneceram ameaçando o gol da Caçadorense, mas muitas vezes com jogadas aéreas, que acabavam refutadas pela defesa dos visitantes.

Aos 34 minutos, quando a tensão com o empate já estava próxima do limite, João Leandro finalizou e acertou a trave do goleiro colorado Pablo. Teria sido um efetivo pesadelo para os quase 3 mil colorados presentes ao Estádio Vidal Ramos Júnior.

Mas o sofrimento teve, por fim, seu ponto final. Emerson Dantas recebeu a bola de frente para o gol e bateu de fora da área, à direita do goleiro Robison. A defesa que tão bem soube rechaçar as investidas dos donos da casa por fim ruiu - e, imediatamente, quem explodiu foi a torcida colorada.

Como o título do turno da Série B era simbólico - ele valia, de fato, a vaga no quadrangular decisivo, mas não uma taça -, a Fundação Municipal de Esportes de Lages ofereceu ao vencedor da partida o Troféu Contestado. A taça foi entregue pelo prefeito Elizeu Matos a Vitor Hugo, o capitão colorado.

 

O Inter volta a entrar em campo neste domingo, mais uma vez em casa, na abertura do returno da Série B. O jogo será contra o Porto, às 18h30min.

Assessoria de Imprensa do Inter de Lages