E não é que a Polícia Federal pegou lá no Oeste um cabo eleitoral do candidato a deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB) com montanhas de santinhos e R$ 105 mil em dinheiro vivo em notas de R$ 100,00 e de R$ 50,00?

Perguntamos: O que esse cabo eleitoral estaria fazendo com tanto dinheiro em espécie? E de quem era o dinheiro? Benedet jura junto à cruz que não era dele (tadinho).... 

A propósito: como fica aquele vereador lageano que faz campanha aberta para o dito cujo? Será que uma pequena "remessa" desse tipo de produto não viria também para a Serra Catarinense para ajudar os "indecisos" nas eleições?

Seria bom a Polícia Federal ficar de olho também num tal de Jorginho Mello, que aparece todo dia na capa dos jornais serranos (pagando uma fábula por isso - "Serrano tem que votar em Serrano"). 

O pior é que esses "forasteiros" vão levar os votos que poderá faltar para eleger a nossa honesta, competente e trabalhadora Carmen Zanotto à Câmara Federal. A propósito: o número dela é 2323. 

Loreno Siega - Revista Visão