O governador Raimundo Colombo estará nesta sexta-feira, 24, em Lages, na Serra Catarinense, para o lançamento do edital que vai contratar os serviço de terraplanagem do terreno onde será construída a fábrica chinesa de caminhões Sinotruk. O ato será às 16h na Associação Empresarial de Lages (Acil).

O documento abre a concorrência entre empresas interessadas em executar a terraplanagem no terreno que será instalada a Sinotruk. Para execução da obra, em 1,5 milhão de metros quadrados, o governo do Estado vai investir cerca de R$ 6 milhões, recursos que serão repassados à Prefeitura de Lages.

Segundo o presidente da SCPar, Paulo César da Costa, os trabalhos de terraplanagem serão realizados em três meses e em seguida começa a implantação da empresa, que pode durar 12 meses. “Acreditamos que no início de 2016, os primeiros caminhões da fase experimental sejam fabricados e a produção comercial, comece no segundo semestre do mesmo ano”.

A área foi adquirida por R$ 5,6 milhões para a implantação do Parque Industrial da Serra Catarinense (Pisc), na localidade de Índios, onde será implantada a fábrica de caminhões que ocupará um milhão de metros quadrados e o restante ficará para outras empresas.

Sinotruk

A fábrica em Lages será a primeira unidade da Sinotruk fora da China. A produção anual da planta vai começar em 400 caminhões montados por turno, com capacidade de chegar em 5 mil veículos por ano, em um único turno. A unidade será construída no Polo Industrial de Índios, ao lado da BR-282, gerando cerca de 400 empregos nessa primeira etapa, número que aumentará significativamente em função da cadeia de fornecedores a ser instalada em volta da montadora.

A China National Heavy Duty Truck Group Corporation (CNHTC), dona da marca Sinotruk, foi constituída na China em 1935. No início da década de 1980, adquiriu tecnologia de motores Steyr, formando também outras parcerias com grandes empresas do setor automotivo.

 

Rafael Vieira de Araujo - Assess. de Imprensa do Gov. de SC