O Colorado Lageano perdeu na noite desta quinta-feira (05/11)  para o Guarani, em Palhoça, por 2 a 0, na penúltima rodada do quadrangular decisivo da Série B. Com a vitória, o Guarani também assegurou seu retorno à Série A em 2015. Leão Baio e Bugre palhocense farão as finais da segunda divisão nos dias 16 e 23.

Classificado para a elite desde sábado, quando derrotou o Camboriú por 2 a 0, o Inter entrou em campo com algumas alterações na equipe. O técnico Leandro Niehues aproveitou para dar descanso para alguns atletas que estavam atuando com mais frequência - e, portanto, também para dar ritmo de jogo a alguns suplentes.

O Guarani teve as melhores chances no primeiro tempo, mas, nas vezes em que chegou com perigo, foi parado pelo goleiro Pablo. O Inter, por sua vez, atuava com disposição, mas sentia a falta de entrosamento causada pelas mudanças na equipe.

Os gols da partida saíram no segundo tempo. O placar foi aberto por Hégon, aos 5 minutos. Foi o primeiro gol que o Inter levou no quadrangular decisivo. Tauã, de pênalti, aos 37 minutos, marcou o segundo. Com o gol, Tauã se isolou na artilharia do campeonato, com dez gols.

"O bom foi que em nenhum momento o time deixou de brigar, mas é natural, é do ser humano, que a concentração caia um pouco depois de uma conquista como a de sábado", disse o técnico Leandro Niehues à rádio Band FM no fim do jogo.

Fidelidade colorada

Outro ponto positivo foi a fidelidade da torcida serrana. Mesmo com o Inter já garantido na Série A, dezenas de colorados foram ao Estádio Renato Silveira. Segundo relato do jornal Diário Catarinense, 42 colorados ocuparam o espaço destinado à torcida do Inter. Como o jogo teve 452 pagantes, isso significa que os colorados responderam por 10% do público que assistiu ao jogo.

Neste domingo, às 17h, o Inter enfrenta o Concórdia, em Lages, no encerramento do quadrangular. Será um jogo para homenagear o time pelo acesso antes dos dois jogos finais.

Asses. de Imprensa do Inter de Lages