A vice-presidência regional da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) em Lages promoveu um café da manhã nesta terça-feira (11/11). O encontro ocorreu na sede da Associação dos Sindicatos Filiados à Fiesc e contou com a presença da imprensa, além de representantes dos sete sindicatos patronais associados à entidade e diretores do Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (Iel). O objetivo do encontro foi apresentar as casas e falar sobre o planejamento de trabalho.

Na oportunidade, o vice-presidente Israel Marcon fez a entrega da Carta da Indústria à deputada federal eleita Carmen Zanotto. O documento partiu de uma pesquisa realizada dentro da indústria e traz um diagnóstico do que é feito pelo setor no estado como um todo, além das dificuldades enfrentadas em diversas áreas e não só pela indústria. “74% dos entrevistados elegeram que a infraestrutura é um problema. Essa é uma dificuldade do comércio, do serviço, da agricultura”, pontua.

A carta contém propostas para que aja um encontro com o poder público e se crie um ambiente favorável para o desenvolvimento ainda maior da indústria e do Estado como um todo. “Ter em mãos a carta, que foi escrita com o olhar da indústria, significa ter uma diretriz para a busca dos recursos necessários para melhoramentos desejados”, afirma Carmen. Ela destacou a importância de ouvir entidades como a Fiesc, que trazem à tona demandas além daquelas já conhecidas das políticas públicas. “O mandato não pertence ao parlamentar individualmente. Ele representa uma região, uma sociedade, um estado”.

Catarinas Assessoria em Comunicação