Muitas surpresas marcaram a abertura da 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) na noite deste sábado (15/11), no estádio Hercílio Luz, em Itajaí. A cerimônia começou relembrando a origem da competição, com o esforço e dedicação de Arthur Schlösser e Rubens Fachini, dois dos criadores dos Jasc. Nesta edição, os atletas disputam 47 troféus; são 26 modalidades envolvendo cerca de 4,6 mil competidores.

Lages nos Jasc

Com o apoio da Fundação Municipal de Esportes (FME), Lages está disputará futsal feminino, vôlei feminino e masculino, e bolão 23 feminino (estes classificados da fase regional). As outras modalidades são tiro ao prato masculino, tiro armas curtas masculino, taekwondo masculino e feminino, tênis masculino, xadrez masculino e feminino, natação masculino e feminino, atletismo masculino e feminino. O superintendente da FME, Armando Mello Júnior, acompanha a delegação lageana.

Abertura

Armando Mello Júnior diz que um dos momentos mais emocionantes da abertura foi o acendimento da pira olímpica. A chama, acesa no dia 7 de novembro na cidade-berço dos jogos, Brusque, circulou o estádio dentro de um contêiner e foi conduzida por atletas de destaque de várias modalidades de Itajaí.

O ex-atleta de ginástica artística Fábio Luiz Santos foi o responsável por acender a tocha. Erguido por um guindaste, ele alcançou a tocha, localizada acima do telão do estádio. Fábio atualmente faz parte da equipe de ginastas do Cirque du Soleil, em Montreal (Canadá). Lages foi uma das primeiras delegações a entrar no campo, com as atletas de vôlei e futsal feminino. Aproximadamente oito mil pessoas acompanharam a abertura.

Assess. de Imprensa da FME - Fotos: Ana Maria Sousa