O vice-prefeito Toni Duarte acompanhou o seminário de apresentação do Plano de Modalidade SC, da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), para Lages e região, nesta terça-feira (18), no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Com planejamentos em longo prazo, a ideia é preparar o Estado para 2030, utilizando as Parcerias Público-Privadas (PPP). “Novas políticas públicas e mudanças de comportamento são fundamentais para o convívio na sociedade. Os trabalhos a serem desenvolvidos terão o apoio necessário para garantir os direitos do cidadão”, afirma Toni.

Com a participação de secretários municipais e da deputada federal eleita Carmen Zanotto, os representantes da Fiesc
falaram sobre planejamento e busca de segurança e eficiência na movimentação de veículos de passageiros e cargas em Santa Catarina. O presidente da Câmara para Assuntos de Transporte e Logística da Fiesc, Mário Cézar Aguiar, explica
que a primeira etapa do Plano está concluída. “Trabalhamos em cima dos gargalos de infraestrutura e soluções a serem aplicadas com ações integradas, através de discussões com a sociedade organizada. Na faixa litorânea do Estado as
ações estão em andamento”, afirma.

O objetivo é avaliar perspectivas de crescimento com o apoio de um grupo técnico formado por representantes de órgãos como Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (Crea-SC), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC). Durante o seminário foram elencados temas como iluminação pública, saneamento básico, sistema de saúde, mobilidade urbana, educação, meio ambiente, moradia e estacionamentos públicos.

Assess. de Imprensa da PML - Foto: Nilton Wolff